terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Abril Pro Rock 2019 - Nuclear Assault e The Mist

O APR de 2019 trouxe mais um cast fantástico pra se apresentar em nossas terras. Foram três grandes noites com 23 bandas de variados estilos dentro do universo do Rock'n'Roll e do Heavy Metal, marcando presença também o engajamento político tão necessário nesse momento em que vivemos.




Musicalmente falando, duas das noites me interessavam, mas só pude estar presente em uma delas... Com muita dor no coração, pois queria muito ver o Amorphis, da Finlândia, que tocou dia 12/04 e estava fazendo a tour de lançamento do álbum Queen of Time, do qual gostei bastante. Apesar de terem começado bem calcados no Death/Doom, dentro do qual lançaram maravilhas de álbuns como "Tales From The Thousand Lakes", o estilo deles mudou bastante ao longo da discografia e hoje em dia é algo meio difícil de definir. Foi realmente uma pena ter perdido :(

Mas apesar disso... Noite do dia 20 a caminho. E que noite, meus amigos! Tive a maravilhosa oportunidade de ver pela primeira vez duas bandas de extrema importância nessa minha trajetória underground.

Velho... Nuclear Assault! Eu simplesmente não acreditava que estava vendo em minha frente aqueeela banda lá, que assisti tanto naquela fita VHS e ficava imaginando como seria foda estar num show deles. A caminhada foi longa pois os caras já tinham encerrado as atividades, depois voltaram, lançaram álbuns, fizeram a última turnê, voltaram de novo... E finalmente vieram tocar aqui! hehehe.



O que dizer? Ver New Song, F#(Wake Up), Rise from the Ashes ao vivo? E quando o baixo de Dan Lilker executou os primeiros acordes de Critical Mass?  Quase me emocionei, hehehe.





Impressionante como o vocal de John Connelly continua igual. Foi massa ver ele repetindo gestos que fazia lááá naquele show de 89, como quando toca a guitarra por cima do braço em Rise from the Ashes. Empolgante demais! E — pausa para um breve momento de tietagem — ele jogou a palheta pra mim (e pra todas as outras mulheres que estavam lá na frente, pelo que percebi, hahaha), duas vezes! A primeira tentaram surrupiar de mim, mas a segunda veio direto na mão e eu tenho sim o direito de ficar toda besta 😍 hahaha. Enfim, foi muito foda!


A outra banda, foi o grande The Mist! Uma das minhas favoritas do Metal nacional. Quando peguei aquele LP do Phantasmagoria... Inexplicável, achei ele fantástico! Mas ver a banda era só um sonho mesmo, já que haviam encerrado as atividades há mais de vinte anos atrás. E aí, não é que incrivelmente os caras voltam, e sua reestreia nos palcos é justamente aqui no Hellcife?! Inacreditável!

The Mist

Vê-los ao vivo foi algo que nem consigo explicar. Já tinha visto Korg tocando com o Chakal. Só admiração! Lendas do Metal Nacional! Todos gente finíssima. Foi foda!

E ainda teve o RDP, carai! Muito foda ver os caras de novo, dessa vez tocando na íntegra o trintão "Brasil", mais atual do que nunca!



Muitas outras bandas foda tocaram, mas aqui quis dar ênfase a meus sonhos realizados, blz? E eu sei que as fotos estão péssimas, mas são os registros que tenho.

Foi isso!

Até!

***


Nenhum comentário:

Postar um comentário