sábado, 25 de julho de 2020

Crônicas I - Uma volta depois de meses de isolamento

Depois de quatro meses em isolamento, desde o início da quarentena, que pra mim começou no dia 18 de março, essa foi a primeira vez que saí de casa sem ter sido para cumprir algum objetivo específico, embora tenha acompanhado pessoas que saíram com fins exclusivamente terapêuticos, razão sem a qual eu teria permanecido em clausura.




Na primeira das duas vezes, era um dia de sol forte e céu absolutamente azul. Praia de Boa Viagem. Maré baixa, belos arrecifes à mostra, e ondas sempre fortes quebrando em suas paredes. Poucas pessoas circulavam na areia, detalhe que garantiu o afastamento com bastante tranquilidade durante os poucos minutos em que lá permanecemos.

sábado, 11 de julho de 2020

Considerações sobre o conto "A Queda da Casa de Usher", de Edgar Allan Poe


Conto: A Queda da Casa de Usher
Autor: Edgar Allan Poe
Ano de publicação: 1839




"[...]  Desde que pela primeira vez contemplei o edifício, uma sensação de tristeza insuportável permeou o meu espírito. [...]  Havia um enregelamento, um mal estar que desalentava o coração, uma taciturnidade irreparável nos sentimentos, que nenhum aguilhão da mente poderia, mesmo à força de tortura, transformar em algo de sublime."


Assim é a sensação descrita pelo narrador do conto, que não tem o nome citado, ao se deparar com a velha Casa de Usher, antigo solar onde residem os únicos herdeiros da famigerada família Usher, os irmãos Roderick e Lady Madeline. Tais sensações se tornam ainda mais fortes quando ele percebe que aquela macambúzia edificação era a casa para a qual se destinava.